sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Papais Noéis colocam a barba de molho à espera de 2015



Corte de fios da barba simbolizou o encerramento das festas de Natal deste ano e macarronada repôs a energia perdida
 
Depois de um intenso período de trabalho, os ‘Bons Velhinhos’ da Escola de Papai Noel do Brasil se despediram oficialmente do Natal nesta sexta-feira (26), saboreando uma suculenta macarronada, para repor as energias perdidas nos últimos 40 dias. Apesar do cansaço visível e do forte calor do verão carioca, eles se reuniram na Praça Afonso Pena, na Tijuca, em um encontro marcado pela alegria, pelo entusiasmo e pela sensação do dever cumprido, de manter vivo o espírito natalino, encantando crianças e adultos.

O encontro Barbas de Molho, realizado no Restaurante Caçador, serviu para mostrar que os ‘Bons Velhinhos’ não perderam o apetite, premiar o ‘Melhor Papai Noel do Ano’ e, principalmente, enaltecer o clima de união do grupo, que já espera pelo Natal de 2015. Antes de encarar o prato de macarronada, os Papais Noéis passearam pela praça para dar abraços, beijos e tirar fotos com as crianças e adultos, numa espécie de ‘despedida do Natal’. Além do passeio, eles cantaram diversas músicas natalinas, como ‘Bate o Sino', 'Noite Feliz' e 'Jingle Bells'.

O clima de alegria começou a tomar conta do restaurante assim que os primeiros convidados apareceram. Com barbas naturais ou postiças, roupa completa ou apenas o gorro de Papai Noel, eles logo chamavam a atenção de quem passava pelo local, a pé ou de carro. E todos fizeram questão de registrar o encontro em fotos abraçados aos ‘Bons Velhinhos’. Além do tradicional “Ho! Ho! Ho!”, eram constantes as risadas quando um ou outro Papai Noel contava alguma situação engraçada ou embaraçosa vivida enquanto encarnava o personagem nos shoppings, escolas, clubes, lojas ou residências.

BARBAS DE MOLHO - O fundador e diretor da Escola de Papai Noel do Brasil, Limachem Cherem, com a tesoura afiada nas mãos, cortou pedaços da barba dos ‘Bons Velhinhos’. Dois deles, Simon Komarov e Riardo Nery, no entanto, resolveram raspar toda a barba, para ‘renovar as forças para o próximo ano’. Simbolicamente, ela ficará ‘de molho’ até o reinício dos trabalhos, no próximo ano. “A grande maioria só volta a ser Papai Noel no início das atividades da Escola, em setembro de 2015, quando participam como palestrantes. Por isso, organizamos essa festa todo dia 26 de dezembro, logo após o Natal, que serve não só para fazermos uma análise do trabalho realizado, mas também como confraternização e despedida do grupo”, disse Cherem.

No encerramento do encontro foi realizada a entrega do troféu de ‘Melhor Papai Noel do Ano’, cujos vencedores foram escolhidos pelo público através de votação no blog da Escola de Papais Noéis do Brasil (www.escoladepapainoeldobrasil.blogspot.com). O resultado apontou Simon Komarov, que trabalhou shopping VillageMall, na Barra da Tijuca, como o grande campeão, com 4.101 pontos. O troféu foi entregue pelo Papai Noel Sylvio Furtado, uma dos mais antigos da equipe da Escola de Papai Noel do Brasil. Em segundo lugar, com 3.412 pontos, ficou Roberto Marçal, que este ano foi o Papai Noel do shopping Pátio Mix, em Itaguaí, e havia vencido o concurso nos dois últimos anos. Ele recebeu o troféu das mãos da produtora cultural Sluchem Cherem. Já o terceiro lugar foi para Ricardo Nery, do Rio Designer Leblon, que recebeu 1.219 pontos. Coube a Slanny Cherem, a mais nova integrante da Escola de Papai Noel, fazer a entrega do troféu.


Durante o evento também foi realizada sessão especial de autógrafos do livro ‘Histórias do Papai Noel – Aquelas que só o Bom Velhinho conhece, escrito pelo jornalista Hélio Araújo, assessor de imprensa da Escola de Papai Noel do Brasil, que entrevistou vários alunos e colheu relatos simples, emocionantes, tristes, alegres, engraçados e inusitados sobre a experiência de cada um.
 

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário